El Bolsón - Bariloche

Acabamos ficando pouco tempo em El Bolsón. A cidade é bem gostosa, tem uma feirinha bem legal na praça central, a Plaza Pagano, feira essa que funciona as terças, quintas e sábados e tem de tudo um pouco. Tem vários restaurantes interessantes pela cidade, principalmente ao longo da Av San Martin, sorveterias maravilhosas (gostamos muito da Helados Jauja que fica ao lado da Plaza Pagano), mas infelizmente a chuva impediu que a gente curtisse muito mais a cidade. Aproveitar o próprio camping estava difícil com a insistência da chuva, porém, pelo menos durante o tempo que precisava para comemorar meu aniversário (Marco), a chuva deu uma trégua de algumas horas. Saímos para comer algo e decidimos que jantaríamos uma truta no restaurante La Marula na avenida San Martin. Comida muito saborosa, ambiente gostoso, mas o que mais me marcou foi o suco de framboesa. Caramba, que coisa deliciosa, pena que o preço é um pouco salgado!

Saímos dali para dar uma volta na feirinha e vimos que nossos amigos goianos Matheus e Amanda estavam perambulando pela cidade, avistamos seu carro estacionado (se estavam tentando se esconder não deu muito certo kkkk, somos stalkers rsrsrs). Fizemos contato com eles e acabamos nos encontrando numa cervejaria com opções excelentes de cervejas e petiscos (Pátio Cervecero El Bolsón), e o melhor de tudo, que acabou por coroar meu aniversário, estavam com uma ótima banda ao vivo tocando só clássicos do metal. Foi uma celebração inesperadamente sensacional, com excelentes amigos que fizemos na estrada, ótima cerveja e ouvindo Ozzy, Sabath, Deep Purple, Van Halen enfim, dia nota mil.

Por conta do mal tempo nem foto decente conseguimos tirar. Na verdade a gente até desanimou nesse sentido (tirar fotos) e no final perdemos a oportunidade de retratar melhor a cidade. Faltou criatividade para falar a verdade.

Uma coisa que para gente ficou evidente é: precisaremos voltar a El Bolsón em uma próxima oportunidade para aproveitar o que a cidade oferece. Há muita coisa para se ver nos arredores, nosso único problema dessa vez foi a porcaria da meteorologia que não ajudou. E pensamos particularmente voltar nessa mesma época do ano (fins de fevereiro e início de março) para aproveitar o festival da cerveja (Festival de La Cosecha del Lupulo) e o festival de frutas vermelhas que acontece ali do lado, na cidade de Epuyén.

Como comentei antes sobre o azar que a Fernanda tem tido com relação a tomar banho nessa viagem, dessa vez fui eu quem entrei pelo cano. Fomos aproveitar que a chuva tinha cessado e partimos para uma ducha antes de seguir viagem. Pois bem, após estar com cabelo cheio de shampoo a água resolveu esfriar. Na verdade ela não esfriou, ela praticamente congelou. Malandramente, desliguei o chuveiro e voltei a ligar na esperança de que fosse algo relacionado a abertura da válvula. Não adiantou. Então vi que não tinha muito jeito, ou continuava ou me enxugava e corria atrás para ver o que se passava. Decidi resistir ao "frio" e prossegui. Não dá para descrever o quão gelada estava a água, e até pensei que com um tempo ali embaixo eu acabaria me acostumando, só que não foi bem assim. Tomei o banho todo com água próximo do congelamento, chegava a doer. Ao sair do banheiro pensei na Fernanda, no azar de novo que ela teria sofrido, mas não, ela estava aguardando eu sair do banheiro para eu ir falar com alguém do camping sobre a temperatura da água (questão de inteligência). Fui na recepção do camping comentar o ocorrido e descobriu-se que o gás havia terminado. Complicado? Não, foi só eles abrirem a válvula de uma outra garrafa de gás e o aquecimento da água voltou, ou seja, Fernandinha tomou um ótimo banho quente enquanto eu..... deixa pra lá.

Como a previsão mantinha chuva para os próximos dias decidimos seguir viagem. Não daria para ficar esperando. Ao irmos fechar a conta no camping conversamos com um dos proprietários do local e ele nos disse que a chuva chegou em boa hora. Comentou que a seca estava maltratando bastante a região fazia já algum tempo e o risco de incêndio estava altíssimo, nós é que chegamos no momento errado pra curtir a cidade, infelizmente. Assim, prosseguimos para o nosso próximo destino, Bariloche.

El Bolsón, voltaremos em breve.

Fernanda Azzolini e Marco Antonio Parreiras em viagem pela Europa e agora preparando uma grande aventura pelas três américas!

  • Twitter Vintage Stamp
  • Instagram Vintage Stamp

Pelo Nosso Caminho, Viagem pelas Américas, Viajantes, Pajero Full, Americas Travel, Travelling, América do Sul, América Central, América do Norte, On the Road, Brazil Travellers, Viajantes del Brasil, Fotos das Américas, Viajantes de Curitiba, Easy Rider